A Rede de Escolas de Excelência (Rede ESCXEL) é um projeto que visa potenciar as competências dos municípios, das escolas e das comunidades, no sentido de concretizar a ideia de qualificação e de excelência educativa. Criada em 2008, é coordenada a nível nacional pelo Prof. Doutor David Justino e conta com a colaboração sistemática de um grupo de investigadores do Departamento de Sociologia da Universidade Nova de Lisboa – CESNOVA.

Este projeto orienta‐se em função de um conjunto sistematizado de objetivos, designadamente:

  • capacitar as escolas e as comunidades (alunos, professores, pais, cidadãos, decisores políticos) para a promoção da excelência educativa;
  • capacitar tecnicamente e assessorar os Municípios para a adoção de planos e estratégias de desenvolvimento educativo local;
  • identificar, difundir e monitorizar as boas práticas escolares;
  • desenvolver modelos de monitorização do desempenho e autoavaliação das escolas;
  • produzir conhecimento científico sobre as dinâmicas educacionais, sociais e culturais locais.

A prossecução destes objetivos assenta na sistematização e no planeamento dos diferentes contributos de cada tipo de instituição.

Os investigadores disponibilizam as suas competências científicas para que os restantes parceiros possam beneficiar de instrumentos de análise, de diagnóstico e de intervenção, sustentados em metodologias construídas “à medida” dos contextos e dos problemas localmente identificados. É igualmente da sua responsabilidade a produção e divulgação dos estudos que venham a ser desenvolvidos, especialmente através de artigos científicos, relatórios e ações de formação académica.

Os Municípios contribuem com as ações de mobilização e coordenação dos recursos necessários, especialmente pela integração da vertente escolar nos seus instrumentos de desenvolvimento local e de ordenamento de território.

As Escolas contribuem com as suas competências, a sua experiência e a sua capacidade de inovação e qualificação para, a partir do seu exemplo, desencadear processos de difusão e propagação de boas práticas educativas e organizacionais.

Para a concretização dos seus objetivos, ao longo do ano letivo, são promovidas diversas iniciativas, tais como a organização de seminários de boas práticas – momentos de partilha fundamentais para a troca de experiências e de soluções inovadoras – e a produção de relatórios concelhios e de agrupamento, nos quais é apresentada e analisada a evolução dos resultados académicos na avaliação externa e interna dos diferentes estabelecimentos de ensino. Entre outras iniciativas, a Rede ESCXEL promove, ainda, outros encontros de reflexão e de partilha, bem como a publicação de estudos que possibilitam um conhecimento mais profundo do contexto educativo das escolas da Rede.

Trabalhar em rede significa poder partilhar experiências entre escolas de oitodiferentes concelhos, que, embora enfrentem realidades distintas, vivem problemas idênticos e procuram soluções para melhorar a qualidade do sucesso educativo. Essa partilha tem-se revelado um verdadeiro desafio, a vários níveis, na medida em que tem contado com o empenho de todos os Diretores dos agrupamentos e tem suscitado o interesse de muitos docentes, tanto ao nível da participação em seminários, como na aplicação de novas práticas.